Histórias e notícias 23/02

DV na Trilha: Inclusão social e diversão de montão!

O Projeto Deficiente Visual na Trilha é uma ação social realizada por voluntários e ciclistas de Brasília que decidiram dividir uma de suas maiores paixões, o pedalar, com quem de outra forma não teria como fazê-lo, os deficientes visuais (DVs).

Nos reunimos quinzenalmente, aos sábados, às 9:00 horas da manhã, no Jardim Botânico de Brasília, para a realização dos nossos passeios de bicicleta.Para tanto, utilizamos bicicletas tandem, (bicicletas duplas – para dois ciclistas), na frente vai um condutor, voluntário do projeto, e atrás um deficiente visual.

Nosso objetivo é preparar/capacitar o deficiente visual (DV) para participar de trilhas, passeios e competições de mountain bike e ciclismo, promovendo uma atividade física ao ar livre, em contato com a natureza, em grupo, possibilitando amplas condições de integração, inclusão social, lazer e melhoria da qualidade de vida.

As informações referentes às atividades do grupo podem ser acompanhadas pelo nosso perfil no facebook DV na Trilha ou pela nossa fanpage Projeto DV na Trilha. Se você tem disponibilidade e a vontade de proporcionar a alegria de pedalar a um deficiente visual, venha participar conosco dessa solidária atividade!!!!

Saiba mais sobre o Projeto DV na Trilha aqui!

Quando: Sábado, 24 de fevereiro de 2017
Horário: 9h às 12h30 (aproximadamente)
Onde: Jardim Botânico de Brasília – JBB

Orientações:

O que levar?
Sua própria bike, pois o número de tandens (bicicletas duplas) é limitado, equipamentos de segurança (capacete, luvas, etc). Leve também uma corrente para deixar sua bicicleta em segurança (caso vá conduzir) e muita alegria e disposição para dividir com os deficientes visuais, condutores e voluntários do Projeto.

No que posso ajudar?
Auxiliando na segurança e demais demandas apresentadas pelos DVs, sendo intérprete de LIBRAS (para os nossos DVs que possuem surdez associada), fazendo registro fotográfico, sendo condutor em uma bicicleta tandem, conversando e interagindo com os DVs, oferecendo carona de volta do JBB para a rodoviária (PARA os DVs).

Condução das Tandems?
Idade mínima: 18 anos. Caso você tenha mais de 18 anos e queira conduzir um DV pelas trilhas do JBB, deve se apresentar aos coordenadores Danilo Hayakawa ou Bruno Lago no início do encontro para fazer um ‘test drive’ com a bike tandem antes de pedalar com o DV.

Crianças podem ir?
Não aconselhamos a presença de crianças pedalando no percurso da trilha. É que, como o foco do pedal são os deficientes visuais, priorizamos o ritmo das tandens.

Ritmo e percurso?
Aproximadamente 14 km em estradões de terra, em ritmo moderado.

Deficientes que ainda não são integrantes do projeto podem ir?
Como o nosso número de tandens é limitado e possuímos uma lista de espera, o deficiente visual que quiser conhecer o Projeto DV na Trilha deverá entrar em contato com Simone (99952-0607 – Claro) para se inscrever. O convite para os DVs pedalarem será feito pelo telefone.

Importante:se você ainda não possui a camisa do Projeto DV, lembre-se de levar R$ 5,00 para a taxa de entrada que é cobrada na portaria do JBB!

O Ribon é um aplicativo que diariamente envia notícias como essas acima via notificações no celular. Nossos usuários além de receberem as notícias geram doações para a caridade sem gastar dinheiro. Para participar e também ajudar a salvar vidas diariamente, entre no nosso site e baixe o aplicativo (:

 

O patrocinador de hoje é:

A Votorantim Cimentos tem um compromisso em praticar e incentivar ações de sustentabilidade e responsabilidade social. Apoiamos a plataforma Ribon para que você também possa contribuir com boas práticas e conhecer mais do que tem sido feito para melhorar a sociedade. Incentivar atitudes como essa é acreditar em iniciativas feitas para durar.

 

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *